MEU DEPOIMENTO... MINHA HISTÓRIA: A LIMPEZA VERDE MUDOU MINHA VIDA... MUDE A SUA TAMBÉM!!!

Como toda idéia tem um começo, uma história marcante ou não em seu início, recheada de dificuldades menos ou mais, a minha não foge à regra. Apesar de ter trabalhado fora por muitos anos, sempre fui apaixonada e cuidadosa, ao extremo, posso dizer que até com exageros - com a casa, com o bem estar da família. E para atingir essa perfeição, eu lançava mão do que havia de mais sofisticado e moderno na indústria química de produtos de limpeza, sem o conhecimento ou preocupação com os danos que eles poderiam causar, tanto aos membros da família quanto às abnegadas empregadas que tocavam e aspiravam tóxicos, além do desgaste precoce das superfícies, e por fim, numa extensão maior - com a “Mãe Terra! 

Num curto período de tempo, todos, inclusive eu, começamos a apresentar sinais de intoxicações e alergias cutâneas. E só foi aí que a ficha caiu e descobri que estava detonando a todos e tudo com aqueles produtos rotulados como mágicos!

Determinada a fazer escolhas saudáveis ​​para minha família e o ambiente resolvi mudar para produtos de limpeza naturais. E, antes de ‘Ser Ecológico’ se tornar popular, comecei a investigar e experimentar alternativas mais saudáveis de limpeza. Aos poucos fui me apaixonando pelos resultados, e isso em todos os aspectos – na saúde da família, nas superfícies mais limpas e conservadas e no orçamento que foi reduzido de forma drástica.

No início de 2001, fui acometida por um problema de saúde (depressão gravíssima, seguida com problemas de locomoção, dormência em alguns órgãos, dores quase que insuportáveis que não aliviavam nem com o uso de morfina, etc.), e, em conseqüência, a partir de algum tempo, praticamente todos desistiram de mim, até os médicos. Pra ser sincera, inclusive eu. Fui afastada definitivamente do trabalho e aposentada por invalidez aos 43 anos, e – e em conseqüência, veio um divórcio, meus filhos praticamente retirados do meu convívio ("para não serem contaminados"... justificativa!!!) e a solidão minha principal companhia e um trauma, mas graças a Deus superado: o eco produzido pelas rodinhas das malas me fizeram sofrer por bastante tempo! Primeiro foi o barulhinho das abençoadas rodinhas das malas do marido indo para os braços da amante e em seguida dos filhos. 

Nesse período de desespero, ouvi do então já quase ex-marido a mais triste notícia (sem contar com os dois irmãos que faleceram durante esse 'tissuname' e mais um depois!): "Não se iluda, os filhos não te amam mais, você se tornou um ser insignificante, eles apenas admiram a boa faxineira, a boa arrumadeira, boa cozinheira, boa lavadeira e boa passadeira que se tornou"! Confesso que nesse momento senti um sabor terrível na boca, de como se tivesse 'engolindo merda'  - ele nunca soube, mas tentei o suicídio!

Confesso que tinha me tornado mesmo tudo isso, em função da depressão, que já te deixa com a auto estima no zero, fazer tudo para agradar a família era como se fosse uma forma de 'comprar' migalhas de amor. E o mais difícil ainda era entender o porquê de tudo ter mudado assim, pois até então eu tinha vivido um casamento que acredito a maioria das mulheres do mundo gostaria de ter. É vero? É!

Mas se hoje alguém me fizesse um "elogio" desse a minha resposta seria: "Não são somente eles, mas admirada também por  milhares de pessoas, que com uma alegria contagiante na alma, expressada com sinceridade no meu rosto, tenho compartilhado ideáis, sugestões, métodos práticos que facilitam o seu dia o dia... (os quais aprendi durante os momentos de dor) através de textos, das soluções que desenvolvi, cursos, palestras, workshops..."

Mas o que tudo isso tem a ver com a limpeza verde Zezé? Talvez agora você esteja se perguntando!

Como terapia, pesquisar, experimentar, re-experimentar, mudar, acrescentar, manipular toda aquela sabedoria intemporal era a única razão de quem sabe me sentir ainda 'viva', um ser ainda produtivo e não apenas um inseto "contaminante"!

Como 'vingança do bem', e seguindo à risca aquela tradicional frase: 'faça do limão uma limonada'... poucos meses depois lancei um livro com mais de 1.500 dicas, (de quê? Limpeza... pois quem sabe assim aqueles que apenas me admiravam como uma 'escrava perfeita do lar' a qual tinha me tornado após a aposentadoria por invalidez, iam gostar mais ainda dela!!! Viche!).  Só não coloquei nesse livro a dica de como remover batom da amante nas camisas e cuecas com lágrimas! (rsrsrs). Eu dormia soluçando e acordava chorando.

E não parei por aí... continuei nas pesquisas e constantes experiências. E foi durante quatro anos que permaneci numa clausura em função da mudança drástica de vida, recheados de tristeza, lágrimas, solidão, problemas financeiros, problemas de saúde ainda não resolvidos, mas principalmente de muita “experimentação’ e por fim... superação! Graças a Deus!

No final de 2010, após o lançamento do meu segundo livro (Dicas da Zezé – Soluções Práticas de Limpeza, Conservação e Manutenção da sua casa), acordei para a triste realidade de que as pessoas não tinham paciência, não acreditavam ou não tinham tempo para preparar seus próprios produtos naturais. De um modo geral, a grande dificuldade que encontrei e ainda encontro para convencer as pessoas a mudar hábitos e usar ou até mesmo fabricar seus próprios produtos com esse “perfil” é a dificuldade de adaptação, especialmente das ajudantes em promover e aceitar mudanças gigantescas na forma como se faz a limpeza da casa. Fazer com que essas pessoas confirmem a eficácia dos novos produtos “orgânicos e “naturais” de limpeza sem se intoxicar, sem que o mesmo faça espumas e, além disso, sem enxaguar muito ainda é bastante complicado.

Mesmo com essa consciência, não desisti e fui me concentrando mais ainda na pesquisa de soluções naturais para problemas difíceis de limpar e as descobertas foram surpreendentes e preciosas!

Nesse período de 'clausura' já manipulava algumas misturinhas, as quais apelidei de “Misturinhas Mágicas” que além de erradicar germes e facilitar a limpeza das partes consideradas mais sujas em uma casa, têm como principal característica o uso de “poderosos ingredientes naturais” como o vinagre, o bicarbonato, óleo usado, limão, açúcar, glicerina, álcool...

E os resultados foram bastante satisfatórios! Comecei a presentear parentes e amigos que se encantavam e sugeriam a fabricação para comércio. Tentei dar vida à idéia, mas tive que me recuar, pois os órgãos responsáveis/fiscalizadores/controladores pela fabricação de produtos de limpeza não ajudaram e não acreditaram na minha idéia.  Infelizmente ainda não foi difundido no Brasil o conceito de “limpeza sustentável” ou “limpeza verde”, de verdade, tal como já acontece em diversos outros países. O produto literalmente 'ecológico' é fabricado artesanalmente e sem conservantes. A partir do momento que passa a ser industrializado parte do processo é 'mascarado' de ecológico, pois precisa da química para a fabricação, e principalmente os conservantes para distribuição em grande escala. 

Mas não desisti da idéia... continuei a fazer o que gosto para viver e viver pra ser aquilo que gosto de fazer!

Algumas vezes cheguei a pensar que seria impossível, pois eu era apenas mais uma. As campanhas em favor do meio ambiente cresciam a cada dia, e eu já tinha “abraçado” a causa, mas sentia que deveria apertar o ‘laço’.

Em janeiro/2011 comecei a recolher nas ruas, nas casas de amigos e parentes as embalagens que eram jogadas no lixo e que poderiam retornar para as despensas cheias de novos produtos, só que naturais. E os resultados surpreenderam a todos que acreditaram e experimentaram!

E aqui está a sabedoria acumulada da minha viagem de 10 anos de experiência de vida sustentável - um “kit mágico” de limpeza, fabricado artesanalmente com apenas alguns ingredientes básicos e simples que geralmente utilizamos na preparação dos alimentos, transformados numa poderosa arma contra sujeiras e manchas! Resultado? Uma limpeza saudável, eficaz e racional, sem poluir o ar de nossas casas com odores fortes e desagradáveis e ingredientes químicos e perniciosos, permitindo ainda uma economia considerável no orçamento dos donos e donas de casa - uma maneira muito mais ‘sustentável’!

E para dar continuidade ao meu projeto confesso que tenho travado uma luta consciente de que continuo numa ‘operação formiguinha’. Além de preparar artesanalmente e comercializar as misturinhas, ministro palestras gratuitas em empresas, igrejas, escolas, associações, comunidades, etc., com demonstrações e procedimentos práticos na limpeza verde e organização, provando que podemos limpar uma casa de cima a baixo com produtos naturais, encorajando pessoas a acreditarem que cada um pode fazer a diferença, e que se multiplicado por milhões – os números podem se tornar assustadores!!!

E aproveito para convidar você, a adotar a partir de hoje também essa idéia!!!

Zezé de Souza

Face: https://www.facebook.com/ZEZEDESOUZA

@Instagram: dicaszezedesouza
E-mail: zezedesouza@zezedesouza.com.br

 


 
 
DICAS DA ZEZÉ: R$ 25,00 (O LIVRO TEM FRETE GRÁTIS)

... DICAS DA ZEZÉ: R$ 25,00 (O LIVRO TEM FRETE GRÁTIS)
Código  1001

 
Produtos
Pasta mousse de bicarbonato 2 litros - r$ 26,00 + frete

PASTA MOUSSE DE BICARBONATO 2 LITROS - R$ 26,00 + FRETE


Bicarbonato cravo e canela 500g - r$ 10,00 + frete

BICARBONATO  CRAVO E CANELA 500G - R$ 10,00 + FRETE


Pó clareador p/ roupas brancas, coloridas e piso 500g - r$ 13,00 + frete

PÓ CLAREADOR P/  ROUPAS BRANCAS, COLORIDAS E PISO 500G - R$ 13,00 + FRETE


Vinagre especial lelis verde (1l) - r$ 12,00 + frete

VINAGRE ESPECIAL LELIS VERDE (1L) - R$ 12,00 + FRETE



Goiânia - Goiás    © 2004 - 2012 | Escritora Zezé de Souza
Telefone:   (62) 3259-2298     (62) 9973-0591 Vivo*     (62) 8160-0655 Tim*